1 – De ordem geral

I – O Sofisa pratica, incentiva e valoriza a responsabilidade socioambiental, buscando alinhar seus objetivos empresariais com os interesses da comunidade em que atua.

II – O Sofisa observa seriedade no trato dos negócios, com respeito absoluto aos compromissos que assume.

III – O Sofisa opera dentro dos limites da legislação e das normas externas e internas aplicáveis às suas atividades.

IV – O Banco faz respeitar seu Código de Ética, zelando por sua atualização, frente às transformações por que passa a sociedade, o qual passa a integrar este conjunto de Políticas.

V – O Banco tem sempre presente os interesses maiores do País e da comunidade em que atua, para este fim adotando regras, meios, atividades e programas compatíveis com suas preocupações de ordem social e compatíveis com as melhores práticas mundiais concernentes à sustentabilidade e à governança corporativa.

VI – O Sofisa apoia esforços visando a preservação dos ecossistemas e a otimização do uso dos recursos, sobretudo os não renováveis.

VII – O Sofisa estimula atividades educacionais, esportivas e do trabalho social.

2 – De crédito

I – No Sofisa, são proibidas operações com:

a) parentes de funcionários
b) empresas em que funcionários ou parentes seus detenham participação.

II – Precedentemente à efetivação de operações com pessoas jurídicas, o Sofisa solicita questionário Sócio Ambiental do cliente.

III – O não recebimento do questionário gera uma pendência, aprovada conforme a alçada competente definida em norma específica e será controlada pela unidade de Crédito. O controle desta pendência será disponibilizado à Diretoria, ao Comitê de Crédito e à Área Comercial responsável pelo cliente para as devidas providências no sentido da regularização da referida pendência.

IV – Independente de o cliente fornecer o questionário Sócio Ambiental preenchido, a unidade de Crédito pesquisa, em sites relacionados ao meio ambiente tais como IBAMA – Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental, a ocorrência de restrições ao cliente e solicita justificativas ao Gerente Comercial. As evidências da pesquisa e das justificativas serão registradas no relatório de crédito e arquivadas na pasta do cliente.

V – O Banco não realiza operações com empresas que produzam ou transacionem bens ou atividades consideradas ilegais ou nocivas ao meio ambiente.

VI – O Banco não realiza operações que beneficiem empresas cuja ação seja nociva ao meio ambiente ou à comunidade, entre elas as que produzam, transacionem ou se utilizem de:

a) armas e munições
b) bebidas alcoólicas
c) jogos de azar
d) materiais radioativos, exceto quando reconhecidamente para fins terapêuticos ou de controle de qualidade
e) fibras de amianto livres
f) pesca de arrastão em ambiente marinho
g) trabalho forçado ou infantil
h) atividades de corte de árvores e de madeira sem autorização do órgão apropriado.

3 – De ordem social / ambiental

I – No exercício de atividades filantrópicas, o Banco se assegurará de que a entidade beneficiada efetivamente realiza as atividades que preconiza.

II – Do seu orçamento, o Sofisa aparta recursos destinados à execução de atividades de incentivo à cultura, de natureza filantrópica, de benemerência e de ações voltadas para a defesa do meio ambiente.

III – O Banco procura escalonar a destinação de recursos de ordem filantrópica segundo critério que privilegie organizações que desempenhem atividades de maior alcance social.

IV – O Sofisa busca identificar e aplicar, nas suas dependências, ações que objetivem:

a) dar tratamento e destinação adequados aos resíduos produzidos;
b) economizar recursos de que se utilize (água, luz, gás, etc.)
c) proibir, ou quando impossível, desestimular o uso de substâncias poluidoras ou nocivas à saúde.

4 – De ordem funcional

I – Nas iniciativas que envolvam a concessão de benefícios a seus funcionários – inclusive no tocante a treinamento -, o Sofisa se rege por critérios claros e de geral conhecimento, os quais, sem perder de vista o aspecto empresarial, não negligenciem o merecimento dos candidatos às vantagens oferecidas.

II – O Sofisa observa rigorosamente, para tal valendo-se, quando necessário, do concurso de profissional especializado, as posturas que regem a admissão, o convívio e o apoio em favor dos funcionários portadores de deficiência.

III – O Banco envida esforços por mobilizar o seu quadro de funcionários na prestação de serviços comunitários e na realização de campanhas especiais de benemerência.

IV – O Banco busca desenvolver ações educativas, de esclarecimento quanto à necessidade de proteção ao meio ambiente e às ações preventivas e corretivas necessárias para tanto.

São Paulo, 14 de junho de 2011.

[Política aprovada na Reunião do Conselho de Administração realizada em 26.05.2008 e alteração aprovada na Reunião do Conselho de Administração realizada em 13.06.2011]